Segunda-feira, 26.07.10

Perguntas Frequentes - Estudantes 

1.      Sou estudante do Ensino Superior - como posso concorrer a bolsa de estudos?
O concurso para bolsa de estudos – licenciatura, continuação de estudos, mestrado e doutoramento decorre, anualmente, em Cabo Verde, sendo promovido pela DFQQ – Direcção de Formação e Qualificação de Quadros. Para acesso ao Regulamento e Boletim de inscrição deverás aceder ao site em www.dfqq.cv nos meses de Julho/Agosto, meses nos quais decorre o concurso. 
2.      Vou terminar o meu curso de formação profissional em Portugal, como posso aceder ao Ensino Superior?
Caso estejas a concluir um curso profissional de nível III (equivalente ao 12º ano) e pretendas prosseguir os estudos terás que te inscrever numa Escola Secundária, como aluno externo, para realizar exames nacionais às disciplinas específicas necessárias para ingresso no estabelecimento/curso pretendidos.
Para mais informações acede à Direcção-Geral do Ensino Superior de Portugal em www.dges.mctes.pt 
3.      Ingressei no Ensino Superior português como estudante por conta própria – sem bolsa de estudos. Como posso usufruir do apoio dos Serviços de Acção Social Escolar: senhas de alimentação, alojamento, apoio para pagamento de propinas?
Deverás dirigir-te aos Serviços de Acção Social da tua Universidade/Instituto. Caso te informem de que a candidatura a um apoio só será possível via Embaixada, contacta-nos para que façamos o encaminhamento do mesmo. 
4.      Sou estudante do Ensino Superior, não - bolseiro, e começo a ter dificuldades em custear a minha formação. Gostaria de procurar um trabalho a minha Autorização de Residência não me permite o exercício de actividade profissional. O que posso fazer?
Caso tenhas já um contrato de trabalho/contrato-promessa, deves dirigir-te ao SEF, de forma a pedir a alteração da tua condição. O SEF só atenderá ao teu pedido caso tenhas já feito inscrição na Segurança Social e comproves que o trabalho não interferirá com os teus estudos, e apenas renovará a autorização de residência se tiveres aproveitamento escolar. 
5.      Pretendo pedir transferência/mudança de curso, o que devo fazer?
Se ingressaste no Ensino Superior português através do concurso efectuado pela DFQQ terás que completar o 1º ano no curso/instituição no qual foste colocado, uma vez que as transferências/mudanças de curso no da colocação não são permitidas. No caso da transferência, depois de completares o 1º ano, e tendo a situação de propinas regularizada deverás dirigir-te à Universidade/Instituto para o qual pretendes transferir-te, de forma a saber qual a documentação necessária. 
No caso da mudança de curso, deves procurar informação junto da tua Universidade/Instituto, de forma a saber os procedimentos necessários.
Poderá ser-te solicitada a apresentação de autorização para a transferência/mudança de curso por parte da Instituição que te concedeu a vaga. Nesse caso, deves dirigir-te ao departamento de Estudantes da Embaixada. Os bolseiros do Governo deverão redigir um pedido fundamentado ao Ministério da Educação e Ensino Superior de Cabo Verde, a ser encaminhado pela Embaixada. Caso não obtenhas autorização, terás como opção desistir da mudança/transferência ou da bolsa. 
6.      Sou estudante do Ensino Profissional e pretendo mudar de curso/Escola, o que devo fazer.
Uma vez que vieste através de protocolo firmado entre uma Instituição cabo-verdiana (Câmara Municipal, DGJ ou outra) e uma Escola portuguesa deverás contactar a Instituição cabo-verdiana, directamente ou através da Embaixada, para que possas estudar as possibilidade de fazer uma mudança sem perder regalias. 
7.      Vim para Portugal com estatuto de estudante mas deixei de ter meios de subsistência que me permitam continuar os estudos. Estou sem visto, não tenho perspectivas de conseguir uma forma de continuar em Portugal. Gostaria de regressar a Cabo Verde mas também não tenho condições financeiras de custear o regresso, o que devo fazer?
Caso te encontres numa situação insustentável e pretendas regressar a Cabo Verde poderás fazê-lo através do Projecto Surria – Programa de retorno voluntário destinado a cidadãos estrangeiros sem autorização de residência válida. Para mais informações contacta o Serviço da Comunidade da Embaixada, o CNAI- Centro Nacional de Apoio ao Imigrante ou uma das suas delegações regionais. 
8.      Terminei os estudos e pretendo regressar a Cabo Verde, tenho direito ao bilhete de passagem?
O Ministério da Educação e Ensino Superior concede o apoio do bilhete apenas aos estudantes do Ensino Superior bolseiros (do Governo, IPAD e FCG) que terminam a sua formação com essa condição. Para poderes usufruir desse bilhete o regresso terá que acontecer no período de três meses após a conclusão dos estudos. Deverás contactar a Embaixada para saber os documentos a apresentar.
No que respeita ao direito de despachar bens com isenção alfandegária, todos aqueles que concluíram a sua formação (no Ensino Superior – bolseiros e não-bolseiros e no Ensino Profissional) poderão usufruir deste, desde que efectuem o regresso no período de 6 meses após a conclusão dos estudos. Despachos depois desse período, para terem direito a Isenção alfandegária, terão que justificar o prolongamento da estadia. 
9.      Que condições tenho de reunir para pedir uma autorização de residência temporária junto do SEF?
Para a concessão de uma autorização de residência temporária, o requerente deve satisfazer as seguintes condições gerais, sem prejuízo de dever ainda satisfazer outras condições especiais, consoante a sua finalidade:
1. Posse de um visto de residência válido;
2. Presença em território português;
3. Inexistência de qualquer facto que, se fosse conhecido pelas autoridades antes da concessão do visto, teria obstado à concessão do mesmo;
4. Posse de meios de subsistência;
5. Alojamento;
6. Inscrição na segurança social;
7. Ausência de condenação por crime que em Portugal seja punível com pena privativa de liberdade de duração superior a um ano;
8. Não se encontrar no período de interdição de entrada, subsequente a uma medida de afastamento;
9. Não estar indicado no Sistema de Informação Schengen;
10.Não estar indicado no Sistema Integrado de Informações do SEF para efeitos de não admissão.
- Pode ser recusada a concessão de autorização de residência por razões de ordem pública, segurança pública ou saúde pública. 
10. Como estudante do ensino superior, que condições tenho de reunir para pedir uma autorização de residência? 
Para a concessão de uma autorização de residência temporária, deves satisfazer as seguintes condições especiais, além das condições gerais já referidas:
1 - Posse de um visto de residência válido ou não (neste último caso ficarás sujeito ao pagamento de uma coima, que dependerá do tempo de caducidade do visto);
2- Apresentar prova de matrícula e do pagamento das propinas exigidas pelo estabelecimento;
2 - Dispor de meios de subsistência;
3 - Estar abrangido pelo Serviço Nacional de Saúde ou dispor de seguro de saúde.
A autorização de residência é válida por um período de um ano e é renovável, por iguais períodos.
Mas se a duração do programa de estudos for inferior a um ano, a autorização de residência tem a duração necessária para cobrir o período de estudos.
 
11. Como estudante do ensino secundário, que condições tenho de reunir para pedir uma autorização de residência?
Para a concessão de uma autorização de residência temporária, deves satisfazer as seguintes condições especiais, além das condições gerais já referidas:
1 - Apresentar prova de matrícula e do pagamento das propinas exigidas pelo estabelecimento;
2 - Dispor de meios de subsistência;
3 - Estar abrangido pelo Serviço Nacional de Saúde ou dispor de seguro de saúde.
A autorização de residência é válida por um período de um ano e é renovável, por iguais períodos.
Mas se a duração do programa de estudos for inferior a um ano, a autorização de residência tem a duração necessária para cobrir o período de estudos. 
12.  Vim a Portugal passar umas férias com alguns familiares. Gostava de cá ficar com ele e tirar o meu curso na faculdade. É possível, uma vez que tenho visto de turista?
Excepcionalmente, poderá ser-te concedida autorização de residência para efeitos de estudo em estabelecimento de ensino superior, desde que preenchas as seguintes condições:
1. Tenhas entrado e permaneças legalmente em Portugal;
2. Apresentes prova de matrícula e do pagamento das propinas exigidas pelo estabelecimento;
3. Disponhas de meios de subsistência;
4. Estejas abrangido pelo Serviço Nacional de Saúde ou disponhas de seguro de saúde.
publicado por estudantescv_portugal às 06:30 | link do post | comentar | favorito
maria alves a 13 de Dezembro de 2009 às 02:40
pelo que pude deparar aqui é que a maioria das informações destinam   so aos estudantes universitarios e residentes temporariamente aqui.
pretendia ter mas informaçoes acerca dos estudantes caboverdianos  com residencia em portugal , podem obter caso queiram entrar para universidade a algum tipo de apoio  ou bolsas de etsudo e com devera exercer esse tipo de rocesso.
meu muito obrigado.

 
cvshow a 27 de Dezembro de 2009 às 20:59
Deverão ver bem os critérios para atribuição de bolsas de estudo, sim porque os critérios que andam a seguir não são de forma alguma os que constam no regulamento da DFQQ para atribuição de bolsas de estudo. Já é hora de abrirmos olho no nosso país, se não isso não vai pra frente.
henri92@hotmail.com a 15 de Março de 2010 às 18:35
Saudações!
O meu nome é Henrique Costa Santos e sou finalista do 12º ano em Portugal. Para o ano vou tirar um curso superior por cá e depois gostaria de emigrar para um país africano, dado que tenho ascendência de dois países africanos, mais propriamente angola e cabo verde. Mas desde jovem que sou apaixonado por Cabo Verde e o meu sonho era mudar-me para lá um dia, não para construir um hotel ou uma agência de viagens, mas sim para viver uma vida pacata, trabalhar e viver com a minha futura família.
Já que isto é um blog de estudantes cabo verdianos, aproveito a oportunidade para pedir ajuda e informações sobre como está a vida aí, quais as possibilidades do país em acolher mão-de-obra estrangeira qualificada, etc.
Um grande abraço
Helder Lopes a 16 de Março de 2010 às 15:02
Saudaões,
Meu caro Henrique, eu sou Cabo-Verdiano, 1º ano do ensino superior em portugal...
Cabo Verde é neste momento um país em crescimento e desenvolvimento, e como tal posso te dizer que a vida em Cabo Verde esta melhorando, o país apresenta os melhores indices a nivel africano e não só, em varios factores como direitos humanos, igualdade do genero, democracia e liberdade, etc, etc. O país é estavel em termos politicos, sociais, economicos, etc. Resumidamente posso te dizer que vive-se bem em Cabo Verde, ainda mais para te que queres ir com um curso superior, não sei qual a area que pensas seguir, mas posso te dizer que neste momento o pais absorve todo, pois como país em desenvolvimento há sempre uma necessidade de mão-de-obra qualificada.
Eu enquanto estudante universitario, digo-te para levares a tua ideia em frente pois que Cabo Verde tem muito a dar a nivel proissional... Mas como Cabo-Verdiano eu digo-te para ires, pois Cabo Verde é o mais proximo que há do paraiso na terra (não me espanta a tua paixão por Cabo Verde)!

Um abraço

Helder Lopes
Anónimo a 16 de Março de 2010 às 17:58
Caro amigo Helder
Antes de mais um muitissimo obrigado pela tua resposta e franqueza tao grande que tiveste comigo! Devo desde ja dizer que fiquei imensamente entusiasmado com as tuas palavras e curioso, já agora, por saber que curso andas a tirar, e se planeias regressar ao Cabo depois de o acabares! Eu pretendo entrar para o ano na universidade nova de ciencias da comunicação e tirar lá licenciatura e mestrado! O que achas quanto às minhas hipoteses de trabalho no teu país?
Um grande abraço e um outro obrigado
Henrique da Costa Santos
Helder Lopes a 17 de Março de 2010 às 11:18
Saudações,
Caro Henrique, antes de mais nada fico lisongeado com a tua apreciação sobre minha anterior intervenção.
Eu estoau a fazer a licenciatura em Economia, e logo que terminar o curso quero voltar, pois que tenho planos, projectos, etc, que quero e tenho que por em pratica, digamos que eu quero ter a minha quota parte no desenvolvimento e crescimento de Cabo Verde.
A ciencia da cumunicação tem um variado leuqe de possibilidades em Cabo Verde, podemos refirir o facto de que há novos media a se instalar em Cabo Verde, empresas ligados a publicidades são precisos no país, e muito mais areas onde possas exercer a tua actvidade.
Podes dizer-me por exemplo se queres trabalhar na cumunicação social, promoção de eventos, marketing, etc, etc, ou diz-me mais especificamente onde queres trabalhar, eu faço um estudo mais profunda para te dizer as possibilidades, ok?
Um abraço...


Helder Lopes
Henrique Costa Santos a 19 de Março de 2010 às 19:14
Amigo!
Obrigado mais uma vez pela tua resposta! Economia? em que faculdade? olhe eu estou a pensar seguir ciencias da comunicação na universidade Nova e, no futuro, pretendia fazer algo relacionado com relações publicas, marketing, publicidade ou mesmo comunicação e cultura, tipo audiovisuais, etc!
Seria uma grande ajuda da tua parte dares-me informaçoes sobre isso, caro Helder! E ja agora fiquei curioso quanto aos teus projectos, ahah, de que é que se tratam em concreto?
Um enorme abraço
Henrique
Helder Lopes a 25 de Março de 2010 às 04:33
Olá Henrique,
É sempre um prazer poder trocar ideias consigo.
Estou a estudar Economia na Universidade de Trás-os-montes e Alto Douro, as aréas que me disseste que pensas seguir, são aréas com boas perspectivas para o futuro em Cabo Verde, estão em constante desenvolvimento. Digo-te que um bom profissional nessa aréa em Cabo Verde, terá sucesso!
Eu tenho alguns planos, de caris politico, social, empresarial, cultural, etc, etc,
Abraços...


Helder Lopes
Henrique Costa Santos a 25 de Março de 2010 às 23:11
Helder!
Obrigado pela disponibilidade e pelas informações, resta-me desejar-te imensa sorte e bom trabalho aí por cima! Deves é estar a passar mal com o tempo, aí é bem mais frio do que de onde tu vieste ahaha ja sabes, se vieres a lisboa envia-me um email ou assim e combinamos ai uma troca de ideias mais aprofundada, ou se quiseres falar mais pormnorizadamente e trocar planos para o futuro, envia-me um email tambem para henri92@hotmail.com (mailto:henri92@hotmail.com), fico a espera

´Grande abraço!
Henrique
Helder Lopes a 2 de Abril de 2010 às 21:33
Caro Henrique,
não há que agradecer, eu é que agradeço por puder trocar ideias contigo, pelo apoio e pela disponibilidade para trocas de ideias...
O tempo, foi muito difícil no inicio, mas agora já nos entendemos.


Abraços...
Helder Lopes
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Olá :)Este post está em destaque no novo espaço "C...
Olá :)Este post está em destaque Na Rede na homepa...
Olá :) Este post está em destaque Na Rede na hom...
É importante acompanhar de perto e se inteirar dos...
Bom dia :) Este post está em destaque Na Rede na...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Boa tarde :) Este post está em destaque Na Rede ...
Com o andar dos tempos em que a tecnologia penetra...
Falar da cultura de Cabo Verde , da sua musica , t...
tags

todas as tags

arquivos
blogs SAPO